CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
ContatoContato
LinksLinks
Paulo Vasconcellos
Contos, Crônicas e Poesias
Textos

Verdadeiro amor


Caminhamos lado a lado, fomos feitos um para o outro
Está escrito no livro do saber
Você nasceu pra mim e eu nasci pra você
Ternura constante no contato de dois amantes
Que não se desgrudam e nem se preocupam  com o que pode acontecer
A intimidade é mútua e o amor é verdadeiro
Canto pra você e você me conta algo natural
Usando palavras desordenadas que combinam com o nosso romance
Vivemos juntos, toda noite e todo dia
A intimidade transpõe as portas da afinidade
Formando  conjunto onde há o êxtase frenético
Sou realista e verdadeiro, não sou herético
Continuo amando você e sei que sou correspondido
Minhas declarações estão inseridas na conjugação do verbo amar
Vivemos na intimidade , você de lá e eu de cá
A cumplicidade  transformada em amor intransponível
Uso minha inteligência, procuro não perder o prumo e nem o rumo
Dedico a você meu verso e minha prosa
Sou o amante dos amantes, operador do desejo, não sou adepto da hipocrisia  
Não resisto aos seus encantos
Não hesito ao declarar nossa cumplicidade
Amor exuberante: A frase prometida, nós dois, de bem com a vida
É irresistível, inigualável e indescritível
Vou juntar prazer e harmonia
Você e eu, eu e você
Somos cúmplices primeiros, cônjuges verdadeiros
Eu poeta e você poesia.



Poesia premiada no 3º Concurso Literário da Rede de Farmácias Pague Menos, classificada entre as 100 melhores obras do Brasil, publicada na coletânea que está sendo divulgada e distribuída no País. Foram mais de 2 mil obras literárias e orgulhosamente faço parte desse grupo de poetas brasileiros.
Paulo Vasconcellos
Enviado por Paulo Vasconcellos em 02/07/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários