CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
ContatoContato
LinksLinks
Paulo Vasconcellos
Contos, Crônicas e Poesias
Textos



EXTRAVASANDO
Estou mandando a tristeza embora
Quero massificar a alegria
Vou enxotar a mentira
Falarei sempre a verdade
Sou um caminheiro da esperança
Ando devagar e sem pressa
Escrevo simples palavras
Declamo poemas de amor
Sintetizo para não complicar
Posso até gemer sem sentir dor
Procuro estar ao lado da serenidade
Penso no que o futuro pode me dar
Extravaso de alegria quando for o caso
Concentro-me para meditar
Sinto o cheiro da poesia
O sabor do verso amadurecido
Construo meu castelo de sonhos
Uno-me a força da aliança
Conservo as pétalas das flores
Enxergo com a alma e com o coração
Reitero tudo o que já fiz
Corroboro e dou fé
Formulo um questionário
Escuto a minha canção preferida
Compartilho as boas intenções
Planejo para poder me prospectar
Serei sempre assim
Assim serei.
Paulo Vasconcellos
Enviado por Paulo Vasconcellos em 23/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários