CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
ContatoContato
LinksLinks
Paulo Vasconcellos
Contos, Crônicas e Poesias
Textos


Aqui na minha rua não passa um rio
Na minha rua existe um matagal
Cachorros passeiam na minha rua
Crianças brincam alegremente 
Os passarinhos usufruem da liberdade
Oferecida pelo mundo animal 
Na minha rua tem uma ilustre visitante
Que vagueia silenciosamente 
e não se sabe de onde surgiu
Corpo esguio e longas pernas
Pescoço avantajado,
Passadas lentas e o alvo na cor
Observâncias na procura por alimento 
Tranquilidade que permeia o seu caminhar
Causador de admiração 
Um ser que embeleza o ambiente 
Voos rasantes e ligeiros 
Ela costuma viver perto do rio
Só que o rio não passa na minha rua 
Bato continência para aquela bela vestida de branco
Que também se apossa do direito de ir e vir
Ela não gorjeia e nem canta 
Encanta com a sua beleza 
Exuberância firme e deslumbrante
Rara espécie da natureza
Vivente ameaçada de extinção. (PV)


Edição e digitação: Maikon Douglas 
Foto: Dalva Vasconcellos
Paulo Vasconcellos
Enviado por Paulo Vasconcellos em 18/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários